sábado, 16 de abril de 2011

Mulheres jovens preferem homens velhos?!

David Buss, um conhecido psicólogo evolucionista, defende que as mulheres são atraídas por homens mais velhos, que dão segurança financeira, porque esse comportamento foi no decurso da evolução humana um comportamento adaptativo já que as mulheres precisavam de homens provedores para as suas necessidades e as das suas proles; teria havido assim como que uma pressão da evolução para se adotar esse tipo de comportamento. A preferência das mulheres por homens mais velhos teria ficado inscrita no código genético feminino.

Mas o que sabemos das sociedades paleolíticas de recoletores/ caçadores não aponta neste sentido; por um lado as mulheres colhiam frutos e contribuíam largamente para a alimentação do grupo, por outro, os caçadores tendiam a dividir entre eles os produtos da caça antes de regressarem ao «lar». Assim, parece, seria indiferente com quem acasalar.

A psicologia evolucionista baseia-se em explicações funcionalistas do comportamento que estão profundamente embebidas em especulação; ora a especulação é necessária mas comporta riscos e por isso qualquer especulação deve manter esse estatuto até ser controlada e comprovada. A natureza especulativa da psicologia evolucionista reside no fato de que ela não consegue formular hipóteses suscetíveis de serem confirmadas ou infirmadas, o que a integra no grupo das pseudo-ciências.

O enquadramento teórico da psicologia evolucionista é o funcionalismo e basicamente este procura explicar um determinado comportamento pela função que desempenha, o que equivale a dizer que o comportamento existe porque desempenha uma função, e, portanto, revela utilidade. Mas não se pergunta para quem é que o referido comportamento afinal é útil, às vezes até pode nem ser útil para a pessoa que o adoptou - forçada a adoptá-lo na ausência de outras alternativas.

A psicologia evolucionista limita-se assim a fornecer uma base pretensamente científica a crenças do senso comum que reforçam a ideologia dominante, por isso, é mais uma vez preciso estar de sobreaviso e denunciar as suas interpretações/especulações.

3 comentários:

  1. Mentira pura!
    Se fosse assim, em lugares comuns como boates, barzinhos, veríamos a maioria das mulheres jovens ignorando homens da mesma idade e disputando homens bem mais velhos. E não é o que acontece.


    Pra mim esses caras só querem defender o que é conveniente pra eles.
    Querem se enganar de que mulheres muito mais jovens saem com eles apenas por tesão, não porque muitas foram criadas pra buscarem um provedor, o que faz até com quem se casem com uns, mesmo sentindo atração ou paixão por outros... Enfim...

    ResponderEliminar
  2. É evidente que estou inteiramente de acordo consigo, mas não deixa de ser curioso como se pretende fazer crer o contrário e ainda por cima fornecer uma justificação pretensamente científica.

    ResponderEliminar
  3. Já li cada coisa machista dessa tal de psicologia evolucionista que fiquei admirada.

    Uma vez eu li que homens tendem a ficar no casamento monogâmico se tiverem filhos homens, pois estes seriam capazes de levar adiante o status do pai, a filha não, essa não teria capacidade para isso, pois a mulher só tem status na beleza e na juventude, que são coisas passageiras. Machismo puro é claro.

    "Críticos da psicologia evolutiva costumam afirmar que ela dá uma importância exagerada à busca dos homens por parceiras para reprodução. E que isso reforça estereótipos sexuais, além de superestimar características inatas. Se você quiser acreditar nessa lógica, argumentam esses estudiosos, quase todos os comportamentos têm a mesma origem: o desejo sexual."

    Desejos sexuais dos homens é claro porque o das mulheres é colocado de lado, visto apenas como algo secundário.

    ResponderEliminar