domingo, 13 de dezembro de 2009

Masoquismo feminino e dominação masculina

Durante séculos as mulheres têm sido apresentadas como masoquistas, isto é, como pessoas que aceitam o sofrimento e o sacrifício e que mesmo os apreciam. Transposto em termos de sexualidade, o masoquismo explicaria porque as mulheres gostam de homens dominadores e, por isso, , apreciam ser dominadas. Mas vejamos o que Sandra Lee Bartky tem a dizer sobre este assunto:

“O masoquismo feminino, como a feminilidade em geral, é um processo económico de integrar as mulheres no sistema patriarcal através do mecanismo do desejo e, embora a erotização das relações de domínio possa não estar no cerne do sistema de supremacia masculina, seguramente que o perpetua.
Os mecanismos precisos que trabalham para a sexualização da dominação não são claros e seria difícil mostrar em cada caso uma conexão entre um acto ou fantasia sexual específica e a opressão e dominação das mulheres em geral. Do mesmo modo que seria absurdo dizer que as mulheres aceitam salários inferiores aos dos homens porque é sexualmente excitante ganhar 62% de cada dólar que eles ganham, seria igualmente ingénuo insistir em que não há qualquer relação entre a dominação erótica e a subordinação sexual. Seguramente que a aceitação da dominação pelos homens não pode ser inteiramente independente do facto de que para muitas mulheres, a dominância nos homens é excitante.» (Sandra Lee Bartky: The Idea of Prostitution )

Espartilhos, saltos altos, pés enfaixados são apenas alguns instrumentos simbólicos do masoquismo feminino, mas este é natural ou socialmente induzido?

3 comentários:

  1. É socialmente induzido,posso lhes garantir.Eu fui criada como um homem,sempre me ensinaram a ser gente,por isso me revolto com a cegueira da maioria das mulheres.

    O machismo deve ser quebrado na infência.Quando uma mulher brinca que nem um menino quando pequena,tem o cérebro estumulado e se masturba desde cedo,fica fácil enxergar a dominação masculina,principalmente as mais "invisíveis" como prostituição e pornografia.

    Sendo assim,eu meio que considero esta geração de mulheres adultas meio que "perdida",ou seja,é possível conscientizar mas é extremamente difícil.Temos que consideras os infantes de agora.

    ResponderEliminar
  2. o pé mostrado [de uma chinesa] é um bom exemplo da tortura, do sadismo da sociedade patriarcal.
    simplesmente monstruoso.

    ResponderEliminar
  3. que horror como alguem pode gostar de sofrer

    ResponderEliminar